Postagens

Mostrando postagens de Junho, 2010

Sempre te desejarei

Sou tão inconstate quanto você
Queria ser igualmente sincera
Me protejo pra isso
Te protejo, mais do que isso

Talvez você nem queira saber
Posso estar enganada
Mais ainda
Desenganada

Prefiro te ter como queres
Do que te querer e te perder
Mesmo que seja ruim pra mim

Sempre será bom pra ti
Sempre me terás
De um jeito ou de outro

Lívia Otero - 30/6/10

Um dia... Te conto

Hoje, exatamente hoje
Eu te queria comigo
Mas tu se esvais pelos meus dedos
Mais ainda pelo meu coração

Só queria saber se é verdade
Se é recíproco, se é... Saudade
Saudade de não sei o que
Mas sinto falta do que não sei

É bem normal eu gostar de você
É bem natural você não me entender
Mais ainda eu te querer

Um doce, um amor
Pena não poder dizer
Prefiro te ter sem que saibas



Lívia Otero - 28/6/10

Muito pra Pouco

Te amo mais do que você merece Te amo mais do que eu mereço Mais do que eu deveria Menos do que você mesma
Me pego pensando em você Te imaginando como nunca te tive Será que algum dia serás minha? Não importa como, nem quando
Passa pela minha mente muito mais palavras Não consigo organizar Os pensamentos já mudaram
Muita coisa pra pouco coração Muito pra se dizer pra pouca coragem Muito pra se amar pra pouco ser


Lívia Otero - 27/6/10

Olá!

Olá pessoas :) Primeiramente gostaria de agradecer a visita de todos e todas que sempre passam por aqui, fico muito feliz e lisonjeada que a maioria virou leito fiel e as visitas não vem apenas de pessoas que me visitam no orkut. Ainda sinto falta de comentários sobre as minhas e as obras de convidados que posto aqui. Podem ser anônimas, não me importo, mas gostaria de saber se meu público tem apreciado as criações.
Recebi uns pedidos para que a "coluna" da "Sex Feira" seja postada com mais frequência. Eu também gostaria, mas é bem complexo fazer 1 conto por semana ou 1 a cada 15 dias :P Inspiração pra esse tipo de coisa é bem complicado, mas prometo trazer algumas novidades pra cá, estou com uns planos e espero que gostem ;)
Só pra reforçar, comentem, mandem sugestões, voces que visitam isso aqui, não faço o blog só pra mim, faço o blog pra voces e gostaria de saber se estão gostando ^^
Obrigada mais uma vez à todos e todas e voltem sempre.

Lívia Otero

Que Saudade

Sinto falta do amor Daquele amor que era meu Anseio por ele Espero-o todas as noites
Esta brigado comigo? Que mal te fiz Infame critura Não sabe o que rejeita
Ainda te terei Todo e só para mim De mais ninguém serás
Do que se trata? Do meu coração De todo amor e emoção

Lívia Otero - 16/6/10

Desejo Que Mata

Fome que ataca
Desejo que mata
O meu desejo é aquele incansável O teu deseho é aquele impensável
Assim como eu: inconstante
Sendo sempre meu: apaixonante
Desejo de paixão, de amor, de tesão Arrrhhh! Que tesão!
Todas as cores que eu imaginar Em todas, é possível amar Inconstante, incansável, apaixonante, impensável


Lívia Otero - 9/6/10

Te amo

Penso tanto em ti que às vezes chego a me perder. Me perder nos pensamentos contigo, pairando, entre as nuvens mais altas. Tem coisas que não consigo mandar para o papel em forma de palavras, não palavras que possam serem lidas. Você insiste em me mostrar como as coisas são, mas eu prefiro a ignorância, a ignorância do amor. Ela é bela, insconstante, inocente, pura. Assim como o beijo que imagino, o toque no teu rosto, o aroma do teu hálito. Toda vez que te vejo meus olhos inundam, resta saber do que. Descanço das noites contigo, sem você, na verdade. Não desisto, porque eu sei, muito mais do que você ou qualquer outra pessoa. A distância é um mero detalhe, afinal, ela é apenas física. Pra se estar junto não é preciso estar do lado e eu te amo por isso. Sou ansiosa ao extremo, não consigo evitar. O silêncio que precede e procede chega a me consumir, me matando aos pouquinhos, me deixando cada dia mais nervosa. Será que vou desmaiar quando te encontrar? Espero que não, espero ficar aco…

Meu Irmão, meu coração

Gosto de falar com você Gosto de falar de você Conversar, papear, tagarelar Mesmo que por minutos
Alguém como você Me faz bem Me faz sentir bem Desde a primeira vez
As marcas no capô As risadas das broncas E mais ainda, as gargalhadas
Foi lindo, foi belo Foi passageiro, mas sincero Foi... Amor


Lívia Otero - 1/6/10